Interpretação de Gênesis 9



Interpretação de Gênesis

Interpretação de Gênesis 9


Vida Posterior de Noé e Seus Descendentes. 9:1 - 10:32.
Gênesis 9
9:9-15. Eis que estabeleço (mêqim) a minha aliança . . . Porei (neitan) nas nuvens o meu arco. De maneira solene Jeová confirmou as promessas da aliança que já fizera antes. A formação de uma aliança envolve a solene junção de duas partes, até então livres de obrigações mútuas. A ligação de Deus com este grupo familiar foi um ato voluntário de livre graça. Noé e sua família nada tinham que merecesse o relacionamento da aliança, e Deus não tulha obrigações para com eles. Mais ainda, esta foi uma aliança feita com toda a humanidade. Aceitando os termos e obedecendo, o homem se unta ao seu Criador aceitando os termos divinos e observando seu espírito interior.
A aliança precisava de um sinal externo e visível que servisse de lembrete constante do acordo sagrado. Este sinal ('ôt) seria um penhor do laço espiritual interior, garantindo sua segurança eterna. O tempo perfeito do hebraico pode ser traduzido para Eu estabeleci, ou Neste momento estabeleço. O arco nas nuvens seria o "sinal". Deus poderia ter criado o arco-íris naquele momento, investindo-o deste significado. É provável, entretanto, que o dito arco já estivesse nas nuvens, indicando que a partir daquele momento assumia um novo significado, dando a certeza da Sua graça e misericórdia; seria um lembrete visível do Seu amor. Ele disse: Então me lembrarei (v. 15).
18. Sem, Cão e Jafé. O autor do Gênesis esclarece que estes três filhos de Noé foram os pais das três grandes famílias da humanidade. Sem foi o primeiro mencionado, ocupando o lugar da liderança e destaque nos planos divinos para os povos. Os semitas seriam os líderes espirituais dos homens. Os escolhidos de Deus dentro dessa linhagem ensinariam a religião de Jeová ao mundo. Sabemos que o Messias devia vir através dos descendentes de Sem. Jafé seria o pai de um grande ramo do mundo gentio. Seus descendentes se espalhariam por toda parte em busca de lucros e poder material. Seriam prósperos e excessivamente poderosos. Cão seria o pai de outro ramo dos gentios, incluindo os egípcios, etíopes, abissínios e grupos afins. Seu filho Canaã, foi o pai dos grupos chamados cananitas, habitantes de Canaã, mais tarde desalojados pelos hebreus. A maldição pronunciada sobre Canaã por Noé não foi, de maneira nenhuma, destinada a ser prova textual da escravidão ou segregação racial.


Mais estudos bíblicos sobre o Livro de Gênesis

Interpretação de Gênesis 9 Interpretação de Gênesis 9 Reviewed by Biblioteca Bíblica on segunda-feira, julho 11, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.