Eclesiastes 10:1-20 — Significado e Explicação



Eclesiastes 10:1-20 — Significado e Explicação

Provérbios 10:1-20

Significado e Explicação



10.1 — Assim como uma mosca é capaz de estragar um unguento, um pouco de insensatez arruína toda uma vida de sabedoria.

10.2 — Nos tempos antigos se pensava que a mão direita era o lugar da honra e da graça, enquanto a mão esquerda era o contrário.

10.3 — Há momentos em que até o tolo age corretamente, mas ainda assim permanece tolo.

10.4,5 — O proverbio “o acordo e um remédio que aquieta” se assemelha a diversos ditados antigos usados para treinar cortesãos e diplomatas.

10.6 — “O tolo, assentam-no em grandes alturas.” As coisas nem sempre são como gostaríamos que fossem (Ec 9.11), mas Deus não deixa de estar no comando e Ele opera Seus bons propósitos por meio de situações que não entendemos.

10.7 — “Servos a cavalo e príncipes que andavam a pé” No antigo Oriente Médio, tal inversão de papeis era vista como um ultraje a sociedade.

10.8,9 — A expressão “fizer uma cova” transmite a ideia de que a retribuição justa ainda é esperada (Pv 26.27). Quanto a atividade acarretar pedras, observa-se que há certos riscos inerentes a determinadas profissões.

10.10 — Uma pessoa despreparada, por estar com um machado cego, terá de esforçar-se mais que uma pessoa sábia, cujas ferramentas estão em ordem.

10.11 — Junto aos versículos anteriores, a mensagem neste texto é a de que uma habilidade usada sem sabedoria é um desperdício.

10.12,13 — O tolo é incapaz de escolher de forma apropriada suas palavras, o que o levará a destruição.

10.14 — “E quem lhe fará saber o que será depois dele?” Esta pergunta retórica sobre a falta de conhecimento do tolo em relação ao futuro é um dos temas recorrentes em Eclesiastes. O mesmo questionamento ocorre em Eclesiastes 3.22; 6.12; 8.7, parcialmente em 9.12 e, especialmente, na conclusão grandiosa em Eclesiastes 12.14.

10.15 — A expressão “ir à cidade” traduz a ideia de algo complexo, profundo demais para ser compreendido por um tolo. Se os tolos são tão inseguros quanto as questões comuns, como se pode confiar neles quando expressam sua opinião sobre a vida após a morte?

10.16 — Coitados são aqueles cujos líderes são tão moços ou inexperientes que perdem o controle sobre suas responsabilidades ou passam as noites se banqueteando até o sol raiar.

10.17 — A nobreza digna se expressa por meio de um senso de responsabilidade e deferência na ordem social. O versículo é um argumento em favor da justiça. Usando a expressão a tempo, Salomão fecha o argumento apoiando a moderação e a ordem.

10.18 — Toda forma de preguiça arruína lares e vidas.

10.19 — “Por tudo o dinheiro responde.” Este comentário não tem a pretensão de ser cínico ou criticar a vida dos ricos. Ele deve ser lido no contexto dos nobres (v. 16) e convivas (v. 17) dissolutos. Para eles, a riqueza é apenas prazer e uma forma de ter diversão.

10.20 — Ao afirmar “as aves dos céus levariam a voz”, o autor nos adverte de que devemos ter cuidado com o que dizemos, porque nunca sabemos quem está ouvindo.


Índice do comentário:

Eclesiastes 1 Eclesiastes 2 Eclesiastes 3 Eclesiastes 4 Eclesiastes 5 Eclesiastes 6 Eclesiastes 7 Eclesiastes 8 Eclesiastes 9 Eclesiastes 10 Eclesiastes 11 Eclesiastes 12

Eclesiastes 10:1-20 — Significado e Explicação Eclesiastes 10:1-20 — Significado e Explicação Reviewed by Biblioteca Bíblia on quinta-feira, abril 18, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.