Eclesiastes 5:1-20 — Significado e Explicação



SIGNIFICADO, EXPLICAÇÃO, ESTUDO, ECLESIASTES 55.1 — “Guarda o teu pé”. Traduzida literalmente, esta frase exige prudência ao adorar Deus. Significa comportar-se bem. A ideia de agir com honradez e reformulada no fim da seção com as palavras mas tu, teme a Deus (Ec 5.7). Como é comum entre os profetas, há um alerta para ser circunspecto em relação aos sacrifícios e pronto para ouvir. Deus não se alegra daqueles que fazem tudo certo por maus motivos (Is 1.10-15), que oferecem sacrifícios de tolos. De acordo com o conselho do profeta Samuel a Saul, eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros (1 Sm 15.22).

5.2,3 — Deus está nos céus, e tu estas sobre a terra. O contraste essencial entre o justo poder de Deus e a nossa natureza pecaminosa deve compelir-nos a submeter-nos ao Todo-poderoso (v. 7).

5.4,5 — Não se deve tentar subornar Deus com um voto impensado. A primeira parte do versículo 4 é quase idêntica a Deuteronômio 23.21. Veja o exemplo posterior da mentira de Ananias e Safira (At 5.1-11).

5.6 — Um sacerdote, profeta ou um dos anjos de Deus seria o anjo que ouviria as tais desculpas por votos não cumpridos (Ag 1.13; Ml 2.7).

5.7 — Temer a Deus, tema central do livro de Eclesiastes, não significa ter medo de Deus (Ex 20.2). Significa ter revêrencia, admiração e fervor em resposta a Sua glória. Para os escritores da literatura de sabedoria (Jo 1.1; SI 111.10; Pv 1.7), temer a Deus significa obedecer a Ele corretamente, com genuína consagração.

5.8 — O termo “província” (Ec 2.8; hb. medina, Et 1.1) é geralmente interpretado como uma palavra persa e, portanto, é empregado por certas pessoas como argumento para datar o livro de Eclesiastes no pós-exílio. Mas Salomão conhecia vários idiomas e tinha contato com diversas nações. O emprego de seu vocabulário “exótico” simplesmente demonstrava a sofisticação que era patente em sua fala.

5.9 — “Para todos [...] rei.” Todas as pessoas vivem pela graça de Deus com Suas provisões para a terra.

5.10 — “Nunca se fartará.” O assunto do apetite insaciável é tratado pela terceira vez (Ec 1.8; 4-8). O desejo sempre é maior do que as posses, não importa a rapidez com que cresçam as aquisições.

5.11,12 — Poucas coisas satisfazem tanto na vida quanto o sono depois de um dia duro de trabalho, mas os gananciosos raramente desfrutam de um descanso satisfatório.

5.13,14 — Os termos “má aventura” se referem literalmente a uma labuta inútil (compare com Ec 3.10).

5.15 — “Assim nu voltara.” A máxima de que “desse mundo nada se leva” e reafirmada aqui (Ec 2.21).

5.16 — “Trabalhar para o vento.” Esta expressão se assemelha a “aflição de espírito” no original (Ec 1.14).

5.17 — “Trevas [...] furor.” O estilo de vida “econômico” dos avarentos impede-os de desfrutar daquilo que já tem (compare com Ec 2.24-26; 3.12,13).

5.18, 19 — Deus separou o dom de desfrutar de algo da dádiva do objeto em si para que não deixemos de buscar Aquele que nos concedeu ambos.

5.20 — “Deus lhe responde.” O significado literal deste verbo é debatido, mas parece ser uma forma do verbo que significa “responder”. Deus mantem primeiro a pessoa ocupada e deliciada principalmente com Ele e, depois, com as dádivas que lhe concede. Para descrever como o Senhor responde ao homem a quem Ele deu riquezas e fazenda, o autor emprega as palavras alegria do seu coração. Neste caso, alegria tem dois sentidos: (1) contentamento, uma sensação interna de satisfação (Ec 2.10,26; 4.16; 9.7; 10.19), e (2) prazer, como coisas agradáveis (Ec 2.1,2,10; 7.4; 11.9).


Índice do comentário:

Eclesiastes 1 Eclesiastes 2 Eclesiastes 3 Eclesiastes 4 Eclesiastes 5 Eclesiastes 6 Eclesiastes 7 Eclesiastes 8 Eclesiastes 9 Eclesiastes 10 Eclesiastes 11 Eclesiastes 12

Eclesiastes 5:1-20 — Significado e Explicação Eclesiastes 5:1-20 — Significado e Explicação Reviewed by Biblioteca Bíblia on quinta-feira, abril 18, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.