Cópias e Manuscritos do Novo Testamento Grego



NOVO TESTAMENTO, MANUSCRITO, GREGO, CÓPIASAs cópias gregas ou manuscritos do texto do Novo Testamento tem sido até agora e provavelmente continuará a ser a principal fonte de dados neste grande campo. Para determinar a existência do texto em sua forma mais antiga dos autógrafos, estes são de valor supremo. Para determinar o conteúdo ou a extensão do texto as versões são do mais alto valor. Para estimar o significado e ao mesmo tempo para a obtenção de dados adicionais, tanto quanto à existência e extensão do uso do Novo Testamento, as citações de seu texto por parte dos Padres da Igreja, seja como defensores, pregadores, ou historiadores, na Assíria, Grécia, África, Itália e Gália, são de superior importância. Mas, para determinar as leituras do próprio texto dos manuscritos gregos ou cópias dos manuscritos originais ainda é a principal evidência de críticas. Cerca de 4.000 manuscritos, no todo ou em parte, do Novo Testamento grego são agora conhecidos. Estes manuscritos fornecem abundante evidência para determinar a leitura de praticamente todo o Novo Testamento, enquanto que para os Evangelhos e Epístolas mais importantes a evidência é sem precedentes para a quantidade e clareza. Eles são geralmente divididos em duas classes: Uncial, ou letras grandes, e letra minúscula, ou pequena, muitas vezes chamada de Cursiva. O termo “cursivo” não é satisfatório, pois não coordena com o termo “uncial”, nem são os chamados recursos cursivos, como ligaduras e formas ovais confinados aos manuscritos minúsculos. Os unciais compreendem cerca de 140 cópias que se estendem do 4º até o século 10º. Os minúsculos incluem os manuscritos remanescentes e entre os séculos 9º e da invenção da imprensa. Com isto, é dada uma breve descrição de algumas das principais manuscritos, tanto unciais e minúsculos, do Novo Testamento.

Cópias e Manuscritos do Novo Testamento Grego Cópias e Manuscritos do Novo Testamento Grego Reviewed by Biblioteca Bíblia on segunda-feira, julho 23, 2012 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.