Interpretação de Gênesis 21



Interpretação de Gênesis

Interpretação de Gênesis 21


Abimeleque e Abraão. 21:22-34.
Quando surgiram os problemas (v. 25) entre os homens de Abraão e os de Abimeleque, os dois senhores concordaram em fazer uma afiança entre si. Primeiro, resolveram as dificuldades e acertaram as diferenças. Então Abraão deu um presente ao rei e ratificou o acordo. Dentre outras Coisas, ofereceu a Abimeleque sete ovelhas. Assim fizeram afiança em Berseba (v. 32). A semelhança entre as palavras hebraicas sheba' “sete” e sheiba' 'jurar”, parece indicar que existe ligação entre elas. Por causa disso, Berseba pode significar “poço dos sete” ou “poço do juramento”. O uso reflexivo da palavra “jurar” significa “setificar-se” ou seja, obrigar-se diante de sete coisas sagradas. Diante do compromisso feito, Abraão expressou gratidão ao Senhor, Deus eterno ('El'oleim, v. 33). O patriarca logo sairia do mapa da história, mas o seu Deus, o Imutável, o Eterno, permaneceria. Evidentemente Abraão havia deixado uma impressão indelével sobre Abimeleque, o rei pagão, pois à sua maneira o rei confessou sua dependência do Deus de Abraão.



Mais estudos bíblicos sobre o Livro de Gênesis

Interpretação de Gênesis 21 Interpretação de Gênesis 21 Reviewed by Biblioteca Bíblia on segunda-feira, julho 11, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.