Interpretação de Êxodo 9



Interpretação de Êxodo

Interpretação de Êxodo 9

(Interpretação da Bíblia)



A Quinta Praga – Peste. 9:1-7.
3. Camelos. Esta menção de camelos tem sido considerada anacrônica; mas havia caravanas de camelos que vinham constantemente ao Egito e certamente alguns egípcios deveriam ter feito neles algum investimento. Pestilência. Praga severa; peste mortal (Moffatt). Que doença específica teria sido, não sabemos, mas deve ter sido uma epidemia severa e mortal que atacou todo o tipo de gado.
6. Todo o rebanho. Com muita frequência o termo todo no hebraico indica um grande número. Dizemos que “todo mundo” está doente, mas queremos dizer que pessoas doentes são encontradas por toda parte. Esta praga recaiu sobre os animais que estavam nos campos (v. 3).
7) A Sexta Praga – Úlceras. 9:8-12.
Como a terceira praga, esta não foi anunciada, mas simplesmente veio conforme Moisés agiu.
8. Cinza. Literalmente, fuligem do forno. O forno era um símbolo da riqueza comercial e artística do Egito. Assim como os problemas surgiram vindos dos recursos naturais do rio e da terra, agora a indústria forneceu a fonte para a nova perturbação.
9. Tumores que se arrebentem em úlceras. Um doloroso tumor inflamado ou abscesso, resultando em uma ferida supurada, excessivamente dolorosa e deprimente mas não fatal.
10. Diante de Faraó. Ele tomou posição diante do rei para que não houvesse dúvida quanto à fonte desta nova praga.
11. Além dos magos não serem capazes de imitar a praga, eles mesmos também foram miseravelmente atacados.
12. Quando a última tríade de juízos estava para vir, Deus endureceu o coração de Faraó para que ele não se submetesse apenas por causa de mera fraqueza humana antes que Deus realizasse toda a Sua vontade.
8) A Sétima Praga – Chuva de Pedras. 9:13-35.
14. Todas as minhas pragas sobre o teu coração. Estas últimas pragas não seriam simplesmente advertências e sofrimentos, como as outras. Elas “não atacariam simplesmente a cabeça e os braços, mas penetrariam no próprio coração e infligiriam uma ferida mortal” (Calvino).
15. Cortado da terra. Nunca mais o Egito alcançou as alturas do poder e da glória que teve nesta dinastia.
16. Palra isso te hei mantido. Faraó tinha de experimentar o poder e a força de Jeová, e de suas experiências o mundo inteiro aprenderia sobre o Senhor. “Como ambos, a rebeldia do homem natural contra a palavra e a vontade de Deus e a hostilidade do poder temporal contra o Senhor e o Seu povo estavam concentrados em Faraó . . . (isto) tipificaria para todos os tempos e circunstâncias, o reino de Deus em conflito com o mundo” (KD).
17. Ainda te levantas. “Uma palavra peculiar só encontrada aqui... te levantas como uma barragem ou um obstáculo contra o meu povo” (Cambridge Bible).
19. Agora se oferecia uma oportunidade àqueles egípcios que vieram a crer na palavra de Jeová para se diferenciarem daqueles que não criam.
23. Chuva de pedras, trovões e relâmpagos não são desconhecidos ao Egito, mas a fúria terrível de uma tempestade como esta nunca houve antes em toda a longa história do Egito.
27. Com que frequência uma catástrofe natural leva o mais incrédulo dos homens a gritar de medo e desamparo! Tais confissões não são o resultado de verdadeira convicção íntima de pecado, mas brotam apenas por causa do terror das circunstâncias.
29,30. Moisés manifestada novamente o supremo controle de Jeová, mas ele não tinha ilusões quanto à constância do arrependimento de Faraó. Faraó temia a terrível tempestade, não a Jeová.
31. O linho e a cevada. Uma vez que estes amadurecem em fevereiro, sabemos qual a estação do ano fixada para esta praga.
32. O trigo e o centeio. Espelta, uma qualidade inferior de trigo; o centeio não era conhecido no antigo Egito. Estes cereais amadurecem cerca de um mês depois do linho e da cevada.

Mais estudos bíblicos sobre o livro de Êxodo: Introdução ao livro de Êxodo; Esboço do livro de Êxodo; Estudo do livro de Êxodo; Teologia do livro de Êxodo; Panorama do livro de Êxodo; Significado do livro de Êxodo; Estudo devocional do livro de Êxodo; Comentário do livro de Êxodo; Autoria do livro de Êxodo; Escopo e Propósito do livro de Êxodo

Interpretação de Êxodo 9 Interpretação de Êxodo 9 Reviewed by Biblioteca Bíblia on quarta-feira, janeiro 20, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.