Meditar na Lei de Deus — Raiz Hebraica




Meditar na Lei de Deus — Raiz Hebraica

O Salmo I, considerado como uma introdução ao inteiro livro, começa belamente descrevendo os benefícios de lermos e estudarmos as Escrituras Sagradas. Depois de exclamar o estado de felicidade pertencente aos que amam a Lei de Yahweh, contrastando com os iníquos, o salmista diz no verso ii:

“Antes tem o seu prazer na lei de Yahweh, e na sua lei medita de dia e de noite.”

A palavra aqui traduzida por “meditar” é הָגָה (Hebr.: hagah) que poderia ser traduzida literalmente “ler em voz baixa”, fazendo referência ao costume da meditação, como quando uma pessoa pensa seriamente sobre um assunto a ponto de “falar sozinho”, ou “falando em voz baixa”, medita sobre determinado assunto.

O verbo הָגָה (Hebr.: hagah) ocorre cerca de 25 vezes no A.T: Jos. 1:8; Jó 27:4; Sl. 1:2; 2:1; 35:28; 37:30; 38:12; 63:6; 71:24; 77:12; 115:7; 143:5; Pro. 8:7; 15:28; 24:2; Isa. 8:19; 16:7; 31:4; 33:18; 38:14; 59:3, 11, 13; Jer. 48:31. Na LXX foi usada a palavra μελετάω (Gr.: meletaõ) como tradução do verbo hebraico em consideração. No N.T ele ocorre duas vezes: At 4:25; 1Ti. 4:15.

No hebraico primitivo, a palavra הָגָה (Hebr.: hagah) era o pictograma de um homem com os braços erguidos pro alto, um pictograma de um pé, e por último a repetição do primeiro pictograma. A pictografia pode ser analisar abaixo:

Meditar na Lei de Deus — Raíz Hebraica

O homem com os braços erguidos se refere à um sinal, um vista atemorizante, uma revelação tão grande, que o faz erguer os braços de admiração. O pictograma do pé, que seria a letra “gam”, do hebraico moderno “gimel”, significa “juntar os animais no poço para beber água”, já que a pictografia de “gam” é um pé “andar” e águas “beber”, ou seja, encaminhar os animais até as águas.

Poderíamos definir o pictograma da palavra הָגָה (Hebr.: hagah) como significando “unir/juntar os sinais, as revelações”. Isso, por sua vez, sugere uma “meditação”, uma vez que é por meio da mesma que nós unimos vários fatos, ou sinais, na mente, e chegamos a uma conclusão, ou revelação.

Não existe algo mais prazeroso, e que nos faça realmente felizes, do que meditarmos profundamente nas revelações divinas encontradas na Sua palavra, e que nos fazem ter uma melhor qualidade de vida.

Meditar na Lei de Deus — Raiz Hebraica Meditar na Lei de Deus — Raiz Hebraica Reviewed by Biblioteca Bíblica on quinta-feira, março 04, 2010 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.